Incentivo aos campings no Brasil


Escrevo este artigo para gerar um alerta aos praticantes da modalidade caravanista (proprietários de veículos de recreação) quanto a necessidade de incentivo e apoio aos campings existentes no Brasil. O empresário/empreendedor que se arrisca em montar e manter um camping neste Brasil repleto de burocracias e dificuldades economias tem que ser parabenizado e apoiado incondicionalmente.

Montar um camping significa investir um enorme recurso financeiro na aquisição ou locação de um espaço (pagamento de aluguel ou capital imobilizado), investir em infraestruturas e obras como portaria, calçamento, vestiários, áreas de lazer, iluminação, esgoto, rede elétrica, paisagismo, manter um time de profissionais para portaria, limpeza, manutenção, realizar investimento de marketing com site e redes sociais, pagar impostos, gerar o retorno de todo este investimento e fundamentalmente obter lucro, objetivo licito de todo empresário.

Acontece que muitos caravanistas, com o objetivo de obter vantagens financeiras, abrem mão do uso do camping em detrimento de utilizar áreas públicas não planejadas para a modalidade, pernoites abusivos em postos de combustíveis e criação de redes de apoio de hospedagem gratuita como troca de favores, ações que vão na contramão do desenvolvimento dos campings. 

Para piorar, uma parte deles, executam estas práticas com abusos e comportamentos irresponsáveis, como descarte de detritos em locais inadequados, abertura de toldo em áreas públicas, roupas penduradas pelas ruas, entre outros comportamentos que incomodam a coletividade.

É um desejo de todo caravanista que o Brasil se desenvolva na modalidade semelhante aos países da Europa e EUA, que tenha uma infraestrutura cada vez mais completa com áreas públicas especialmente construídas para permitir pernoites, postos de combustíveis preparados e interessados em nos receber e principalmente muitos campings repletos de veículos de recreação. 

Com isso conquistaremos a possibilidade de frequentar locais que melhor atendam nossa necessidade, seja uma simples parada para pernoite em deslocamento ou um espaço de lazer que possamos curtir com os familiares e amigos. 

Como serviços complementares o fornecimento de Internet Wi-Fi para trabalho e estudo a distância, fornecimento de mão de obra para manutenção e comércio de peças e acessórios para os veículos, lavanderia, mercado, entre muitas outras possibilidades.

Para que isto seja possível precisamos criar uma agenda positiva, organizar e incentivar o setor, frequentar e ajudar na divulgação dos atuais campings, compartilhar nas redes sociais as experiências positivas de outros amigos,  prestigiar e apoiar as associações de veículos de recreação como: ANACAMP (Brasil), Pé na Estrada (São Paulo), Amigos do Rio (Rio de Janeiro), Grupo Uai (Minas Gerais), Estradeiros do Paraná (Paraná), entre todas as outras associações, tendo como objetivo compartilhar ideias e desenvolver ações voluntárias em prol da modalidade e da coletividade.

Eu Ronald, através do "Bora Pro Camping", procuro divulgar informações de campings e fabricantes de veículos de recreação nas redes sociais, compartilhar as boas experiências constatadas,  além de apoiar a atual diretoria da Associação Caravanista Pé na Estrada, em trabalhos voluntários.

O que você pode fazer para ajudar? (reflexão)

Texto: Ronald Ataulo   

Nosso novo trailer, um KC-740 único dono

Já tem algum tempo que em nossas acampadas pelo Camping Shamballa em Itú-SP, ouvíamos a história de um lindo trailer Karmann Guia KC-740 Casablanca, ano 1991, que pertencia a um senhor que o comprou zero quilometro, na época junto a empresa “Ângela Trailers”, e o mesmo viajou aproximadamente 100 quilômetros da fábrica Karmann Guia até o Camping Shamballa de onde nunca mais saiu. Desde sempre, seus proprietários Wanderley e Rosali, o mantiveram instalado em um módulo do camping e cuidaram do equipamento com muito amor e carinho, mantendo sua originalidade e em estado de novo.



Para nossa surpresa, ouvimos dos funcionários do camping que o Sr. Wanderley iria vender este histórico exemplar e imediatamente entramos em contato com ele para fechar negócio.

No último dia 15 de maio de 2021 (sábado) tomamos posse e ficamos ainda mais surpreendidos com todos os detalhes, o trailer realmente está impecável, muito novo, com todas as cortinas e janelas originais com o emblema Karmann Guia. Além do excelente estado do trailer, o módulo é extremamente agradável, com uma vista linda, todo coberto e equipado com itens de conforto como cozinha externa e churrasqueira. 


Mesmo nossa família tendo o perfil de viagens regulares em locais variados, o Camping Shamballa reserva um ambiente extremamente familiar, com uma excelente infraestrutura de lazer como piscinas, quadras esportivas, lago de pesca, cantina, salão de festas, entre outros itens. Por esta razão, manteremos este trailer instalado como mensalista no camping para curtir os amigos que lá fizemos. 

Para não fugir do nosso perfil rodante, intercalaremos os finais de semana com passeios em locais variados com o nosso novo Motorhome da Apolo Trailer com entrega prevista para setembro de 2021.

O Camping Shamballa possui diversos módulos disponíveis para mensalistas que podem deixar sua caravana ali guardada, curtir a infraestrutura de lazer aos finais de semana e até mesmo sair com o equipamento para viagens, retornando à base ao término da viagem. Além disso possui áreas para equipamentos em transito para quem quiser ir curtir o final de semana apenas.

Mais informações sobre o Shamballa: https://www.campingshamballa.com.br/ 

Texto: Ronald Ataulo

Na busca de mobilidade: estamos migrando novamente de um trailer para um motorhome.

Esta tentativa de encontrar em um motorhome uma maior mobilidade já aconteceu no ano de 2017 quando trocamos o nosso trailer Turiscar Diamante ano 1991 em um Motorhome Itapoã Aconcágua com 7.8 metros ano 2004, mas a experiência foi bastante curta e em apenas três meses desistimos do motorhome e voltamos ao trailer, o nosso Turiscar 6.5 ano 2017 que ficamos até janeiro de 2021. Naquele momento constatamos que o trailer se demonstrava muito mais adequado aos nossos interesses familiares, principalmente por termos sentido falta do veículo tracionador para utilizar nos destinos e também a configuração mecânica do motorhome adquirido ser bastante defasada comparada ao veículo tracionador que estávamos acostumados a conduzir.

Clique aqui e veja como foi esta experiencia em 2017.

Acontece que nossas vidas são muito dinâmicas e as rotinas e compromissos pessoais, familiares e profissionais sempre vão sofrendo mudanças. O que antes se demostrava interessante, hoje parece não fazer tanto sentido.

Um ponto a se destacar é que desde a compra do nosso primeiro trailer em 2014, com dois filhos pequenos, tínhamos a expectativa de ficar muito mais parados, usufruindo da infraestrutura dos campings tradicionais e sempre utilizar o carro para passear pela região do entorno.

Ocorre que depois de alguns anos intensos na modalidade, já usufruímos bastante dos principais campings em nossa região e também conhecemos as cidades e atrações onde estes campings estão localizados.

Surge então um desejo de passear por novos locais, muitas vezes sem infraestrutura de campings estruturados. Neste cenário, entendemos que um veículo de recreação pequeno fosse muito mais prático para transitar em cidades pequenas, passear e até mesmo pousar. Diante disso, em janeiro de 2021 vendemos o nosso Turiscar 6.5 por entender que seus 13,50 metros de conjunto (carro + trailer) estavam exagerados para os nossos novos interesses.  

Pesquisamos as principais marcas e modelos, nacionais e importados, com o objetivo de encontrar um equipamento menor, seguindo o conceito: “menos é mais”.

A nova escolha aconteceu no mês de fevereiro de 2021 quando partimos de Santos-SP em um final de semana com destino ao estado de Santa Catarina para visitar os fabricantes Coyote e Apolo Trailer. Em primeiro fomos na Coyote Trailers onde fomos maravilhosamente bem recebidos pelos amigos Allex e Amarildo, inclusive pousamos na fábrica em um trailer cedido por eles. No dia seguinte fomos para a fábrica Apolo Trailer onde fomos recebidos pelo amigo e proprietário Alisson Ramos, onde tivemos a oportunidade de conferir pessoalmente seus trailers.

Até este momento estávamos bastante focados em analisar as diferenças entre os modelos já pesquisados.

Depois de apresentar seus equipamentos, o Alisson nos convidou a entrar e conhecer seu novo lançamento, o motorhome Apolo 6.0. Foi aí que tudo mudou! Nós entramos e ficamos apaixonados pela planta, embora pequeno, possui um ótimo aproveitamento dos espaços, com uma sala extremamente confortável durante o dia que se transforma em quarto para duas pessoas durante a noite, mais uma alcova de casal sobre a cabine para as crianças, além de ter um banheiro bastante espaçoso. Já dentro do motorhome o Alisson ligou o motor e nos convidou a realizar um passeio pela estrada e pelas ruas da cidade, aí gamamos! Quando eu assumi o volante da Mercedes pude constatar que ele se comporta como um carro de passeio. Além do tamanho reduzido, conta com as tecnologias de um veículo moderno como controle de estabilidade, controle de tração, assistente de freio em rampa e um motor bastante potente.










Como incentivo complementar, os nossos amigos Antônio com a esposa Bruna e filho Tonico, também estavam lá e compraram o mesmo equipamento. Adivinhem o que aconteceu, fomos para ver um trailer e saímos com um motorhome comprado. Naquela mesma semana, o nosso grupo mais próximo de amigos também se encantaram e compraram seus novos motorhomes, só aí foram cinco pedidos.


Nós mesmos estamos nos questionando como conseguiremos nos acostumar com tamanha redução de espaço se nos últimos anos viajamos com o conforto de um grande trailer. Além do mais, com o trailer tínhamos a praticidade de sempre ter um carro a disposição nos destinos e agora ficaremos sem esta comodidade.

Esta resposta somente teremos depois de experimentamos a nova proposta. Para isso, realizaremos um intenso exercício de minimalismo no que diz respeito à quantidade de coisas que geralmente levamos nas viagens, quando na maioria das vezes passarmos apenas um final de semana. Também uma reprogramação dos destinos com uma pesquisa de novas cidades que muitas vezes não fazem parte do circuito tradicional de campings.

Se não nos acostumarmos novamente com o motorhome, com tranquilidade retornaremos ao trailer na certeza que a equação carro+trailer = SUCESSO!!!