Aerocamping, dias 10 a 12 de julho de 2020.


No final de semana de 10 a 12 de julho de 2020 fizemos uma viagem de trailer um pouco diferente. Neste período de distanciamento social por conta do COVID-19 escolhemos não ir para um camping e sim para a casa de um amigo, junto com outros amigos que seguem os mesmos cuidados.

E para começar a contar como foi o maravilhoso final de semana, é necessário deixar um agradecimento especial aos amigos Antônio de Santana e Bruna que nos receberam em vossa casa e nos proporcionaram conhecer um mundo tão diferente que é o aeronáutico.

Aeronáutico? Como assim? Isso mesmo, eles moram em uma casa que tem um hangar ao fundo onde guardam seus aviões, na verdade um condomínio de hangares onde seus vizinhos também possuem aviões. Batizamos o encontro de Aerocamping!!

O casal Antonio e Bruna são trailista mas desta vez ficaram em casa e receberam além de nossa família, os casais Walter e Márcia e também Edmilson e Cilene.

Chegamos todos quase que juntos no final da tarde do dia 10 e já instalamos nossos trailers.





A emoção já foi grande manobrando os trailer na TAXIWAY que é a pista de acesso das aeronaves e muito rapidamente nos deparamos com os primeiros pousos e decolagens.




Enquanto arrumávamos o trailer, o Antonio já tirou um dos aviões do hangar para iniciar os passeios. Vejam a vista da janela do trailer.


E adivinhem quem se candidatou para a primeira volta (risos), eu Ronald!!




Enquanto o meu trailer e do Walter ficaram para o lado externo do Hangar, os trailer dos amigos Antonio e Edmílson ficaram do lado de dentro.





A noite da sexta foi maravilhosa, preparamos todos juntos saborosas pizzas.
 

No sábado pela manhã o Antonio já começou os voos por volta das 07:00 horas. Desta vez a Sophia e as crianças também voaram.



O almoço foi comandado pelo nosso churrasqueiro oficial Edmílson.



A expectativa ficou para o almoço do domingo, uma Paella, desta vez comandada pelo amigo Walter.



Imaginem um final de semana incrível, repleto de emoções, ótimas companhias, grandes emoções e uma delícia gastronômica.

E o melhor de tudo, repleto de voos!! Realmente uma experiência inesquecível!!


















Gratidão!!!



























A história do nosso Jeep Willys 1962

Este Jeep Willys ano 1962 tem uma longa história em nossa família. Recordo-me quando fiz 18 anos (1995), tirei minha carteira de habilitação e convenci meu pai Helcio para comprarmos um Willys para participarmos do Jeep Clube de Santos.

Como meu pai era de Itariri-SP e estava sempre por lá visitando minha avó, comentou com alguns locais que procurava um exemplar a venda. Em 1997, o meu primo Juninho falou que no fundo do posto de combustível da cidade havia um abandonado. Quando foi ver, estava coberto de mato em uma valeta, em péssimas condições. 

Depois de localizar o proprietário e fechar um preço para compra, iniciaram os preparativos para coloca-lo em vida novamente. Eu e meu pai Helcio, com ajuda do meu primo e um mecânico da cidade, cuidamos da restauração inicial para colocarmos novamente em uso. Recordo-me o dia que ele trouxe o Jeep de Itariri-SP para Santos-SP, foram inúmeras paradas na estrada por problemas mecânicos durante o percurso. 

Embora eu que utilizasse o Jeep nos passeios e trilhas 4x4, o meu pai Helcio que cuidava de todas as manutenções. No ano 2000 ele alugou um armazém na Praia Grande-SP e fez uma grande reforma, desmontou-o inteiramente, reformou toda carroceria, retirou o motor e cambio, pintou tudo e deixou-o em estado de novo.



Além desta linda lembrança do meu querido pai, no ano 2000, após a reforma, fui para uma trilha na Praia Brava em Boiçucanga e levei no Jeep a pessoa que se tornou minha atual esposa e mãe dos meus filhos, a Sophia. Foi onde tudo começou!



No mesmo ano, 2000, por conta deste Jeep assumi a presidência do Jeep Clube Comando Off-Road Baixada Santista e me envolvi ativamente na organização de eventos 4x4. Com este envolvimento, criamos em 2003 a empresa Mundo Off-Road que inicialmente organizava eventos 4x4 e em 2010 ampliou para Centro Automotivo e Comércio de Acessórios (www.mundooffroad.com.br).

No ano de 2005, nos preparativos para o casamento com a Sophia, acabamos vendendo-o. Ao longo dos anos, nasceram os filhos e novos Hobbies entraram em nossas vidas. 

Adivinhem qual foi o tema do bolo do casamento?




Em 2020, 15 anos depois da venda, recordando do meu querido pai que faleceu em novembro de 2019 e por tantas histórias deste jeep em nossa família, partimos em sua busca e conseguimos recomprá-lo.

Antes de termos o vendido, realizamos uma modernização com a instalação de um motor de Opala 4cc com cambio 4 marchas e carroceria de fibra, foi exatamente com esta mesma configuração que o reencontramos. 

Como ele esteve sem uso nos últimos anos, solicitamos a um caminhão plataforma que fosse até São Paulo (capital), sua casa nestes últimos anos, trazendo-o para a nossa oficina Mundo Off-Road em Santos-SP para realizar uma completa revisão.





Neste período longe de nós, ele recebeu uma pintura com um azul um pouco mais escuro, nova adesivagem, capota conversível, rodas pretas e alguns detalhes de alumínio na carroceria.

O mesmo Mundo Off-Road que nasceu por conta deste Jeep Willys 1962, agora está cuidando com muito amor e carinho de sua manutenção e revisão geral!








O Jeep será totalmente revisado, suspensão, freios, motor, cambio, caixa de transferência, elétrica, enfim, ele sairá da oficina Mundo Off-Road como zero quilometro.

Texto e fotos: Ronald Ataulo